Inspirações de pessoas, passeios, cultura, gastronomia e empreendedorismo

Histórias

31/08/2018 11:29

O afeto do Mercado do Porto

Quando a gente pensa no Mercado do Porto, em Cuiabá, vem à mente a profusão deliciosa de cheiro e afetos. Frutas e hortaliças são minhas lembranças preferidas. Tem algo mais precioso que as cores, cheiros e diversidade de produtos: a alegria dos moradores empreendedores do Mercado.

Com a especialidade favorita de contadora de  histórias, lá fomos eu e o colega de profissão, entusiasta e parceiro do projeto Divino Mato Grosso, Marcelo Guerreiro, nos aventurarmos num dos meus lugares preferidos de Cuiabá.

Para o Marcelo, carioca recém chegado em Cuiabá, tudo foi novidade. Para mim foi um revisitar. Claro, das outras vezes como cliente e desta como repórter do site, é bem diferente (mesmo).

A primeira parada foi na banca de frutas da minha quase xará “Cleusa Pedro”. Ela é a disposição em pessoa. Criou a família toda ali, acordando madrugada, e saiba: é feliz da vida com o ofício escolhido . Cleusa criou os filhos na feira, os netos também são nutridos com a fartura afetiva e das frutas coloridas e doces da banca. A Claudia e o Kauan que o digam. A felicidade é estampada.

  

Mais um pouquinho e paramos na banca florida da maranhense Maria, adoroooo. Pelo jeito o colega Marcelo também curtiu, ficou prosa no meio das orquídeas, vale ressaltar as flores tem preços ótimos. Ela é um pouco tímida, não quis gravar entrevista e nem tirar foto direito, tudo bem, dona Maria, a senhora dá um jeito de florir meu coração mesmo assim.

Prosseguimos o passeio, dando uma espiada na banca de grãos, quantos tipos diferentes, adoro olhar o jeito de cada um,  cores, texturas, coisa de quem curte o design de todas as coisas.

Fiz questão de mostrar para o Marcelo Guerreiro uma banca bem regional, com produtos de Cuiabá ou Baixada Cuiabana. Ali desperta meus sentidos mais afetuosos, lembrando da fazenda, da minha infância chapadense.

As letras garrafais na banca dão a pista do que poderíamos encontrar: Bete e Mauricio. Engraçado, inicialmente a Bete não apareceu, ficou escondidinha porque pensou que era “povo da política”. Rimos muito da história.

Gente, foi a glória parar na banca dos pombinhos Bete Sousa e Mauricio.  Simpatia e leveza, já tinham conquistado meu paladar e agora tem minha afeição. Há 30 anos em Cuiabá a Bete é uma guerreira, mulher valente. Quem pensa que só eles se casaram na feira? Escute o vídeo e vai ter uma surpresa. Virei fã dessa turma.

 

 Após tanta alegria no coração ao parar na banca do Mauricio e Bete, fomos visitar a dona Maria do Queijo, eita pessoa linda, outra mulher inspiradora.

Maria Arantes Waldvogel tem 68 anos e pique de 30. É doceira e queijeira, também fica na banca vendendo e distribuindo simpatia. É um exemplo de feirante no quesito bom atendimento e qualidade do produto.

 

Assim o Divino Mato Grosso fez sua primeira visita oficial ao Mercado do Porto. Se voltaremos mais vezes? É claro! O calor humano das pessoas dali falam muito conosco. Apresentar gente com história de vida ímpar é nossa especialidade. Dá uma água de coco, por favor!

 Texto/fotos/entrevistas: Creuza Medeiros

Vídeos: Marcelo Guerreiro

Edição vídeos: Tania Rauber

 


Titulo fixo
Titulo fixo
Titulo fixo

Endereço

Rua 24 de Outubro, 937
Popular
Cuiabá / MT
CEP 78032-005

E-mail

divinomatogrosso18@gmail.com

Telefone

65 99972-8268

Titulo fixo
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo